Idosas são presas por suspeita de aplicar golpe para obter benefício do INSS


A Polícia Civil de Goiás prendeu nesta quinta-feira (4) quatro pessoas suspeitas de estelionato e associação criminosa por praticarem golpes em agências bancárias. O crime consistia em tentar ter acesso ao BPC (Benefício de Prestação Continuada), que é pago pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), por meio de documentos falsificados, segundo as investigações. Entre os detidos, estão duas idosas, de 66 e de 78 anos, e um casal, uma mulher de 40 e um homem de 25 anos, todos oriundos de Trindade, região metropolitana da capital.

De acordo com a polícia, o grupo foi preso depois que a idosa de 66 anos foi até uma agência bancária da cidade para sacar o benefício. Ao apresentar os documentos, os funcionários do banco desconfiaram da possibilidade de um golpe e acionaram a polícia.

Com eles, foram apreendidos diversos documentos falsos e cerca de R$ 4.500 em espécie. Do total, aproximadamente R$ 2.800 teriam sido sacados momentos antes pela idosa investigada, de 78 anos, em uma agência bancária de Urutaí. Por existir a possibilidade de ocorrência de outros golpes similares a este, a polícia autorizou a divulgação da imagem dos investigados

Aviso: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não reflete a opinião deste site. Todos os comentários são moderados e nos reservamos o direito de excluir mensagens consideradas inadequadas com conteúdo ofensivo como palavrões ou ofensa direcionadas a pessoas ou instituições. Além disso, não serão permitidos comentários com propaganda (spam) e links que não correspondam ao post.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *